, , , , ,

RESENHA: O DIÁRIO DE ANNE FRANK

quarta-feira, março 27, 2013


Este é um dos livros que mais sou fascinada,é difícil acreditar o quanto esta e muitas outras meninas sofreram em um Holocausto que matou milhões de pessoas.
A história em si,  você percebe ser o cotidiano de uma menina judia (o que no inicio não a difere muito das outras) e que com o decorrer do tempo, tudo vai se tornando mais e mais complicado.
O diário retrata muito bem, duas familias tentando voltar para seu cotidiano presas em um minusculo apartamento, escondendo-se dos nazistas, para que pudessem salvar-lhes as vidas.
Quem não tem interesse ou não aprecia saber mais sobre este momento tão sofrido, vai achar o livro chato, porque Anne Frank conta os detalhes da vida dela, como a guerra de quem comeria a melhor batata ou de como ela odiava a comida em conserva, pois não tinha um gosto muito bom.
Anne demonstrou ser sempre uma menina muito inteligente e tinha uma visão diferente de tudo o que estava acontecendo, conseguia sempre seguir em frente enquanto alguns reclamavam demais.
O diário não mostra como foi em si a vida dela em um campo de concentração, afinal, ela não conseguiu levar o caderno para lá, o livro não tem um fim precisamente,apenas a última pagina que Anne Frank escreveu, contudo, um rápido resumo do que aconteceu com ela e com a familia é contado.
Eu depois de ver a vida desta menina, comecei a pensar que meus problemas não eram tão grandes assim e que tinha de agradecer por tudo o que eu tinha e por meu poder de ir e vir.
Eu recomendo expressamente, afinal é um dos livros mais importantes da literatura mundial e não deve ficar de fora de sua estante mental!


Keep Reading!



You Might Also Like

2 comentários

  1. esse livro e muito bom um relato emocionante.

    ResponderExcluir
  2. Eu não li ainda, mas parece ser muito bom.

    ResponderExcluir

INSCREVA-SE

Quer ser um Taverneiro? Coloque seu email e receba todos os nossos novos posts.

Flickr Images